Arquitetura

O estilo arquitetônico do século 19 está plenamente preservado nas construções da Fazenda das Cabras, feitas de taipa de pilão. Os ambientes revelam a rusticidade da madeira e a textura em relevo das paredes.

A cada necessidade de restauro, a fazenda preocupa-se em reaproveitar matérias-primas da época. As pedras encontradas pelo chão do salão e espelho d’água também são originárias de rochas do próprio local.

No museu, os visitantes podem conhecer mais detalhes sobre a Fazenda das Cabras por meio de painéis com a linha histórica do tempo. Também há exemplares de charretes, artefatos e ferramentas usados na produção do café.

Recentemente, foi encontrada uma garrafa de vidro enterrada no solo da tulha, contendo uma carta que revelou um episódio interessante. Em 1912, a diminuição do nível de água do Ribeirão das Cabras obrigou a troca da força hidráulica pela energia elétrica. Este fato foi relatado em uma carta escrita por um capataz que trabalhava na fazenda. A pedido do dono Fausto Ferreira e a sua esposa Ophélia, a mensagem foi guardada dentro do recipiente e bem guardada para a prosperidade.

Alterar Senha
Por favor entre com seu endereço de email. Vocês irá receber uma nova senha via e-mail.