Sobre a região

A Serra das Cabras está localizada no município paulista de Campinas (distritos de Joaquim Egídio e Sousas). Possui altitudes que chegam a 1078 metros, sendo que um de seus pontos mais altos é o Pico das Cabras (1033 metros), que conta com um observatório astronômico, inaugurado em 1977.

Ecossistema

A região apresenta a fauna e flora características da Mata Atlântica, que possui remanescentes da cobertura original. A Área de Proteção Ambiental (APA), criada em 2001, tem o objetivo de promover o uso sustentável dos recursos naturais da área rural de Campinas.

Fauna

A Mata Atlântica é rica em biodiversidade. Segundo dados do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), esse bioma abriga:

  • 261 espécies conhecidas de mamíferos, tais como capivara e tamanduá-bandeira;
  • 1020 espécies de pássaros, como garça, tiê-sangue, tucano, periquitos e araras;
  • 197 espécies de répteis (cobra-coral), 340 de anfíbios (sapo-cururu) e 350 de peixes (dourado e pacu).

No interior das matas nativas da Serra das Cabras já foram encontrados cachorros do mato, gatos selvagens, como o jaguarundí e a jaguatirica, tucanos, maritacas, veados, ouriços, jibóias, cascavéis, macacos, lontras, aves aquáticas, como os biguás, dentre muitas outras espécies de avifauna.

Flora

A região da Serra das Cabras contém espécies nobres da flora brasileira como jequitibá-rosa, peroba e cedro. Outros exemplos de vegetação da Mata Atlântica: palmeiras, bromélias, begônias, orquídeas, cipós e briófitas, jacarandá, andira e figueira.

Água

Toda a região é repleta de cursos d`água que vão desaguar nos dois principais rios: Atibaia e o Jaguari. A fazenda é transpassada pelo Ribeirão das Cabras.

Alterar Senha
Por favor entre com seu endereço de email. Vocês irá receber uma nova senha via e-mail.